Conhecimento

O propósito de empreender

23.07.2018Empreendedorismo já teve vários nomes. A gente foi apresentado a ele como “abrir ou começar um negócio” e também como “se virar do jeito que dá”. Empreendedorismo nasce de oportunidades, mas também (e talvez principalmente) das necessidades. Tem quem diga, inclusive, que nesse contexto, os dois termos são sinônimos. Eu discordo, mas entendo.

Até porque os empreendedores e as startups mais bem sucedidas vem justamente do propósito de resolver uma dor, muitas vezes uma dor pessoal que, no processo de levantar uma ideia de negócio, percebe-se que dói em várias outras pessoas também. E é bem por aí que eu quero começar.

Na última semana nos desdobramos para tentar assistir todo o conteúdo compartilhado em Floripa no Startup Summit 2018. Foram palestras, cases, debates e plenárias sempre lotadas de pessoas em busca de inspiração para seus próprios negócios – aprendendo com quem já errou e acertou muitas vezes – ou mesmo buscando o primeiro insight para aí sim, finalmente, empreender. Em comum, todos tinham essa motivação de querer fazer algo diferente e, como não, ficar milionário rápido. Entre os palestrantes, relatos de como funcionou para eles e sempre (sempre mesmo) um discurso em comum: propósito e planejamento.

Conhecimento técnico é suporte para algo maior. Embarcar simplesmente em uma tendência de inovação pode ser uma furada se você não estiver alinhado com algo verdadeiro e que possa ser percebido e comprado dessa maneira pelo público. Não precisa, necessariamente, criar algo do zero, nem muito menos fazer porque todo mundo está fazendo. Mas quando estiver oferecendo alguma coisa, tenha noção real de como isso pode impactar as pessoas e, consequentemente, seu negócio e suas vendas. E isso se faz quebrando a cabeça, com estratégia e muita análise de variáveis – aquelas que a gente controla e as que não controla também.

E sinto informar, não tem app pra isso, não. Mas, a boa notícia é que tem parceria.

Tem jeito de fazer isso de forma colaborativa e criativa para gerar real valor de marca para uma empresa que está começando ou mesmo precisando pivotar.

Do ponto de vista de uma agência de comunicação em um grande evento de inovação e startups, é inspirador encontrar pessoas imersas na nova economia e trazendo a tecnologia para transformar processos, transformar o mundo! Esse movimento todo, que está apenas começando, mostra o quanto ainda podemos aprender uns com os outros e unir talentos para criar algo verdadeiramente inovador e significativo. E podemos fazer isso juntos!

TAGS: , ,


Taís Mendes - Conte Mais Causos